Descubra como fazer o registro de funcionários e evite problemas

Evitar erros e realizar o correto registro de funcionários é fundamental para a boa gestão de qualquer empresa. Atentando-se a essa formalidade você previne dores de cabeça no futuro, como processos trabalhistas.

Mas se a burocracia que envolve o processo de registrar funcionários costuma deixar você preocupado, como tantos empreendedores, pare de se preocupar agora mesmo. No post de hoje, explicaremos como registrar funcionários de maneira correta. Não perca!

Defina o tipo de contrato

O primeiro passo para registrar um funcionário é definir o tipo de contrato que regerá a relação de trabalho. Essa decisão é necessária para seguir os próximos passos. O contrato pode ser de dois tipos, como explicaremos a seguir.

Contrato de experiência

O contrato de experiência possui prazo determinado de 45 dias, que pode ser prorrogado por mais 45, totalizando 90 dias. Nesse período, o funcionário tem direito ao salário e certeza de emprego garantido. É o tipo de contrato ideal para que a empresa verifique a atuação do funcionário na prática e decida se ele está mesmo apto para o trabalho.

Caso o empregado seja dispensado após o período de experiência, deve receber décimo terceiro salário e férias proporcionais ao período trabalhado. Entretanto, não há necessidade de aviso prévio ou multa de 40% por motivo de rescisão, o que acontece no contrato de trabalho.

Se a empresa desejar absorver o funcionário, passados os 90 dias, o contrato de experiência se torna contrato de trabalho automaticamente. Então, a organização precisa fazer a anotação da mudança na carteira de trabalho do empregado para evitar autuações.

Contrato de trabalho

O contrato de trabalho, por sua vez, é a modalidade tradicional de contratação, que estabelece vínculo entre funcionário e empresa sem determinar quanto tempo ele ficará trabalhando no local.

Solicite os documentos do contratado

Alguns documentos e informações do funcionário contratado são necessários para efetivar seu registro por meio do contrato. Confira a seguir quais são:

  • cópia de RG e CPF;
  • data de nascimento;
  • cópia do comprovante de escolaridade;
  • carteira de trabalho;
  • comprovante de residência;
  • cópia do título de eleitor;
  • foto 3×4;
  • inscrição no PIS/PASEP;
  • certificado de alistamento militar (para homens maiores de 18 anos);
  • certidão de nascimento dos filhos, caso haja;
  • certidão de casamento, caso haja;
  • declaração de dependentes, caso haja.

Em relação à carteira de trabalho, a empresa não pode ficar com ela por mais de 48 horas para preencher as informações necessárias que explicaremos mais adiante neste post. Já a declaração e os documentos dos dependentes são necessários para declaração do imposto de renda e outros benefícios, como assistência médica.

Se o funcionário não tiver o cartão do PIS, a empresa deve fazer sua inscrição no site da Caixa Econômica Federal. Da mesma forma, caso ele não tenha registro no INSS, a empresa deve cadastrá-lo no site da Previdência Social.

Elabore o contrato

Após decidir qual será a modalidade do contrato e solicitar os documentos do funcionário, é hora de criar o documento com essas informações. Ele deve ser feito pelo empregador e assinado pelo empregado. A empresa pode criar o contrato baseado em modelos existentes ou contratar uma assessoria jurídica para isso.

Assine a carteira de trabalho

A empresa precisa anotar as seguintes informações na CTPS do empregado: data de admissão, remunerações e possíveis condições especiais que possam existir. Além disso, toda alteração que ocorrer, como férias, alteração de cargo e salário, acidentes de trabalho, entre outros, também devem ser registradas.

Em relação ao registro de funcionários, a empresa também deve estar atenta a outras obrigações como o preenchimento da Ficha ou Livro Registro de Empregado, acordos de compensação de horas, benefícios como vale-transporte e vale-alimentação, recolhimento do INSS, do FGTS e da Contribuição Sindical, entre outros.

Gostou desse texto sobre o registro de funcionários? Então não deixe de assinar nossa newsletter para não perder mais dicas como essas.


Confira nossa transmissão sobre Recrutamento e Seleção de Equipe Comercial

VEJA TAMBÉM

conheca-5-dicas-para-fidelizar-clientes-e-garanta-o-sucesso-do-seu-negocio
Manter seu negócio vivo dentro do mercado é uma tarefa desafiadora, afinal,…
aprenda-como-gerar-mais-leads-interessados-em-automacao-comercial
Um dos desafios de qualquer empresa que não lide com o consumidor…
Segundo uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao…
conheca-5-dicas-para-fidelizar-clientes-e-garanta-o-sucesso-do-seu-negocio
Manter seu negócio vivo dentro do mercado é uma tarefa desafiadora, afinal,…
aprenda-como-gerar-mais-leads-interessados-em-automacao-comercial
Um dos desafios de qualquer empresa que não lide com o consumidor…
Segundo uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao…
Os direitos trabalhistas são um tema que desperta grande interesse…